• Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
 
Publicidade

Veja 3 aprendizados para o profissional de marketing no ano de 2022

Para se adequar às mudanças do mercado, algumas dicas são interessantes para quem quer se manter no ramo


(Unsplash/Reprodução)


Nos dois últimos anos, o mundo do marketing precisou se reescrever devido às mudanças da pandemia, somadas às transformações digitais que já ocorrem na contemporaneidade. O e-commerce, por exemplo, é a prova disso: profissionais de publicidade e marketing precisaram mudar estratégias para que tivessem um melhor engajamento no ambiente virtual.

Com isso, é necessário entender as mudanças que ocorreram e as principais tendências do marketing para 2022. As tais transformações do marketing pós-pandemia, que chegaram com tudo entre 2020 e 2021, vieram para ficar.


Leia também: Você sabe o que é um ambiente "instagramável"? Conheça o significado do termo



Assim, confira abaixo três dicas de aprendizado em relação ao marketing em 2022:

1- Foco total no consumidor

De acordo com uma pesquisa feita pela consultoria SalesForce Global State of Marketing, 80% dos consumidores opinaram que a experiência proporcionada por uma empresa é tão importante quanto a qualidade do produto ou serviço final, oferecidos aos clientes.

Com o mundo do e-commerce, as pessoas que realmente se preocupam com o bem-estar e experiência positiva de seu público precisam ir além de apenas "entregar" algo. Nisso, criar uma boa estratégia de marketing que foca na criação de laços duradouros com seu consumidor, através da boa receptividade e engajamento do público, é uma opção a ser altamente considerada.

2- Dados são sempre importantes

No marketing, o uso de dados tem se tornado crucial para que determinados resultados sejam alcançados; alguns em que só o mapeamento de engajamento e números pode ser a chave. Ou seja, a técnica do data-driven é presente e pode ser vista como um caminho mais seguro na hora de pautar estratégias de divulgação de algo ou alguém nas redes .


Para que isso seja feito com êxito, é necessário eliminar obstáculos que interfiram na coleta de dados de seu cliente, como facilitar assinaturas de newsletter, não exigir pesquisas muito grandes que possam cansar o público, e mais. Com a capacidade analítica da coleta de dados, é possível adquirir novos insights de dados que trarão resultados positivos, como maiores recomendações da sua página por meio dos algoritmos e mais visitas em seu aplicativo ou site.


Você pode se interessar: Twitter | Opção de "roda de amigos" é lançada na rede social; veja como funciona


3- Métricas cada vez mais sofisticadas

Com a junção do data-driven e dos insights, é normal que as empresas queiram medir e avaliar o desempenho de suas ações. Ainda no estudo realizado pela SalesForce, a receita e a performance do "funil de clientes" continuam sendo as principais métricas para os profissionais de marketing de hoje. Por isso, ficar de olho nos dados que as próprias redes fornecem ao administrador, como o Instagram faz, é uma tarefa contínua e quase que diária. De forma geral, nada é melhor do que proporcionar uma boa experiência no atendimento e relacionamento com o seu cliente. Se você o conhece bem, vende um produto/serviço de ótima qualidade com um bom atendimento e cria vínculos com seus clientes, está no caminho certo. É muito importante destacar que o social selling é um diferencial, pois ele aumenta a identificação dos clientes com a empresa através da humanização; muitas vezes promovida pela própria empresa ou influenciadores na internet.



Clique nestas também e aprenda mais:

Saiba de 5 ferramentas do Trello que são úteis para o trabalho em equipe
É possível separar a vida pessoal da vida profissional? O que "Ruptura" nos ensina?


Quer ficar por dentro de várias notícias sobre a cultura pop, cinema, séries, um pouco de mistério e muito mais? Acesse o nosso Instagram para ficar por dentro do assunto!