• Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
 

Bug? Saiba por que a Amazon liberou cupons de desconto e compras saíram de graça

Os cupons foram lançados pela companhia durante a madrugada, e viraram assunto nas redes sociais


(Reprodução)


Você curte promoções online? Bem, parece que a própria Amazon também gosta. Nesta quarta-feira (26) uma das maiores varejistas do mundo liberou cupons de desconto em seu site, que viralizaram entre os internautas. Nisso, os compradores puderam adquirir produtos com descontos grandes, e em alguns casos, as compras saíram por centavos ou até mesmo de graça!


Os cupons da Amazon eram de 15% de desconto, mas alguns também eram de exatos quinze reais. Nisso, a loja divulgou dezenas de cupons, que ficaram disponíveis durante a madrugada e parte da manhã de quarta. Livros, eletrônicos, roupas e até eletrodomésticos poderiam ser comprados, com descontos muito chamativos. Ainda, eles eram acumulativos.


Leia também: NFT no Twitter: Versão paga da rede social vai permitir ícones e avatares exclusivos



O assunto rendeu tanto, que o termo Amazon foi parar nos trending topics do Twitter: mais de um milhão de postagens foram feitas sobre "a promoção maluca". E nesse caso, os internautas fizeram de tudo para conseguir a promoção: criaram novas contas na Amazon, usaram vários cupons juntos, ou então emprestaram contas de conhecidos para pegar a promoção.


Confira alguns tweets sobre os cupons da Amazon logo abaixo:


Jamais irão perdoar a promoção do cupom na Amazon



Quando tiver livros de graça na Amazon, avisem os amigos

Entrando no site da Amazon toda hora para ver se o pedido foi enviado



Por que a Amazon liberou tantos cupons de desconto de uma só vez no site?


De acordo com a varejista, a tal promoção aconteceu por conta de um erro no site, que liberou todos os cupons de desconto. Nisso, a empresa reportou que a ocasião foi um "problema em nosso site, que foi rapidamente corrigido". Assim, a Amazon entraria em contato com clientes, em teoria, para tratar das compras.


Leia também: Cruz Vermelha é vítima de ciberataque e dados de mais de 500 mil pessoas são comprometidos


Apesar disso, internautas também compartilharam nas redes que alguns produtos foram enviados. Ao mesmo tempo, parte dos compradores foi notificada de que o pedido foi cancelado, e que em troca, receberia um vale-presente da Amazon. Dessa forma, o que resta é esperar para ver quem de fato receberá todos os produtos tranquilamente em casa.




Quer ficar por dentro de várias notícias sobre a cultura pop, tecnologia, filosofia e mais? Acesse o nosso canal do Portal neoNews no Telegram, ou conheça nosso Instagram!