top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

Crítica | Bom Dia, Verônica

O Desfecho Explosivo de Bom Dia, Verônica, uma Série que Abraça sua Natureza de Super-Herói


Bom dia, verônica da netflix

(Foto: Divulgação)


Em sua temporada final, "Bom Dia, Verônica" abraça sem reservas sua inclinação para o vigilantismo, culminando em um clímax cinematográfico que rompe com as convenções do thriller policial realista que marcou suas temporadas anteriores. Sob a batuta do roteirista Raphael Montes e do diretor José Henrique Fonseca, a série se despe das pretensões dramatúrgicas elevadas e mergulha de cabeça nos prazeres do vigilantismo quadrinesco.


O ritmo acelerado e a potencialidade de choque são as marcas registradas desta temporada, que, dividida em apenas três episódios, confirma sua vocação mais cinematográfica do que televisiva. Montes, hábil contador de histórias, tece um suspense envolvente que se sustenta no ritmo alucinante e na mistura de perturbação psicológica e denúncia social.


Os últimos quinze minutos são o ápice dessa transformação, onde a série se assume como uma fantasia de retribuição para além da justiça. Sob uma luz vermelha pulsante, a cena de ação é um banho de formalismo cinematográfico, destacando-se pela intensidade e pelo envolvimento emocional.


Os atores também brilham, com Tainá Müller encontrando uma nova profundidade em sua interpretação de Verônica, agora mais símbolo do que personagem. Enquanto isso, Rodrigo Santoro entrega uma performance pateticamente humana como o vilão Jerônimo, representando o fechamento da trindade de vilões institucionais da série.


Além do entretenimento, "Bom Dia, Verônica" continua a desvelar o abuso escondido nos pilares fundamentais da sociedade contemporânea, posicionando-se como um drama social que confronta os sistemas de poder. Ao abraçar sua natureza de super-herói, a série reconhece que a "luta contra o mal" nunca termina, oferecendo uma catarse para um público impotente diante das mazelas da realidade.


Nesse sentido, "Bom Dia, Verônica" finalmente encontra sua verdadeira força ao se assumir como uma fantasia de vigilante, uma narrativa que ressoa com o desejo de justiça e redenção em meio ao caos do mundo moderno.


Ficha técnica


Nome Bom dia, Verônica

Tipo Série

Onde assistir Netflix

Categoria Thriller

Nº de temporadas 3

Nota 4/5


 

Publicidade

 


Bình luận


bottom of page