top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

Corroteirista de Barbie achava que filme não era uma boa ideia

Ele escreveu Barbie junto de sua esposa, Greta Gerwig


barbie e kens

(Foto: Divulgação)


Noah Baumbach, reconhecido cineasta e corroteirista de Barbie ao lado de sua esposa, Greta Gerwig, compartilhou recentemente sua incrível jornada de transformação de cético a colaborador entusiasta deste tão aguardado live-action da boneca mais icônica do mundo. Sua história é um testemunho de como uma ideia inicialmente rejeitada pode se tornar uma fonte de inspiração e sucesso nas telonas.


"Achei que era uma péssima ideia e Greta me inscreveu mesmo assim," revelou o diretor em um bate-papo exclusivo com Gerwig e Judd Apatow na sede do sindicato de roteiristas (WGA) na costa oeste dos Estados Unidos. Inicialmente, Baumbach duvidou do potencial do projeto, mas a insistência de sua esposa mudaria o rumo de sua carreira.


Segundo Baumbach, a virada decisiva ocorreu quando Margot Robbie abordou Greta Gerwig com a possibilidade de escrever o roteiro do filme. Gerwig impôs uma condição: só se juntaria ao projeto se seu marido também participasse. Baumbach recorda sua reação inicial: "Eu estava tipo: 'Não vejo como isso vai ser bom'." Ele confessou que, por um tempo, bloqueou a ideia e desejava que sua esposa abandonasse a proposta. No entanto, o destino tinha outros planos.


A pandemia global, um evento que afetou profundamente o mundo e a indústria cinematográfica, desempenhou um papel fundamental na mudança de perspectiva de Baumbach. Ele explicou: "Eu meio que bloqueei isso por um tempo e cada vez que ela tocava no assunto, eu pensava: 'Você tem que nos tirar dessa'. E então a pandemia aconteceu." A pandemia fez Baumbach perceber que talvez houvesse algo mais profundo e significativo a ser explorado na história da Barbie.


O cineasta finalmente se convenceu quando leu os primeiros rascunhos do roteiro de Gerwig. Ele descreveu o momento que mudou sua visão: "Era a Barbie acordando em sua Casa dos Sonhos, saindo para o quintal e encontrando alguém que estava doente e morrendo. Eu li essas páginas e pensei: ‘Agora entendo o que é isso’. O filme é sobre abraçar sua mortalidade e sobre a bagunça de tudo isso, então foi emocionante." A narrativa surpreendente e comovente da Barbie encontrou um lugar em seu coração, transformando-o em um defensor do projeto.


O resultado de sua mudança de perspectiva é o já aclamado filme Barbie, estrelado por nomes como Margot Robbie, Ryan Gosling, Simu Liu, America Ferrera e Will Ferrell. O filme já está em cartaz nos cinemas brasileiros e conquistou o público, arrecadando incríveis US$1,4 bilhão na bilheteria mundial.


Além disso, de acordo com David Zaslav, presidente da Warner Bros. Discovery, os fãs podem esperar a chegada de Barbie à HBO Max ainda neste ano. A história de Noah Baumbach é um lembrete inspirador de como as ideias podem evoluir e surpreender, provando que, às vezes, é preciso se deixar levar para alcançar o sucesso. Barbie é um testemunho desse espírito de transformação e resiliência que, sem dúvida, cativará os corações de muitos espectadores.


 

Publicidade

 

Commenti


bottom of page