top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

YouTube agora requer que criadores identifiquem conteúdo produzido por inteligência artificial

Plataforma YouTube implementa nova medida para transparência no uso de IA em vídeos


YouTube

(Foto: Divulgação)


O YouTube anunciou que, agora, criadores deverão indicar quando utilizam conteúdo gerado por inteligência artificial (IA) em vídeos. Para explicitar o uso de IA no vídeo, a plataforma incluiu um novo campo no fluxo de publicação da ferramenta Creator Studio. Logo na primeira página, usuários deverão informar se "há conteúdo modificado" com inteligência artificial.


"Para atender às políticas do YouTube, é necessário que você diga quando o conteúdo é modificado ou sintetizado de forma que pareça real", explica o YouTube. "Isso inclui sons e visuais realistas feitos com IA ou outras ferramentas", complementa. Ao concordar que há conteúdo modificado, o vídeo será identificado com um selo especial. Assim, os espectadores saberão que o material foi produzido digitalmente e pode conter cenas realistas produzidas por computador.


Contudo, vale ressaltar que cenas produzidas digitalmente que não buscam ser realistas não precisam ser identificadas. Além disso, não é necessário informar à plataforma se o conteúdo foi produzido com auxílio de ferramentas generativas no processo de edição. Por padrão, o selo especial aparece apenas no campo de descrição expandido. Porém, se o vídeo for relacionado a algum tópico sensível (saúde ou política, por exemplo), o identificador será mais proeminente. A alteração nas políticas do YouTube foi anunciada em novembro de 2023. A novidade faz parte de um pacotão de mudanças voltadas para o controle de conteúdo produzido por IA.


O YouTube planeja punições para criadores de conteúdo que insistentemente ignoram a identificação do conteúdo gerado por IA. Em alguns casos, a própria plataforma vai identificar que o vídeo contém trechos gerados por computador.


 


Comments


bottom of page