top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

Tyler James, de “Todo Mundo Odeia o Chris”, fala sobre sua sexualidade

Ator fez um alerta em suas redes sociais


Gustavo comemorando a liderança

(Foto: Divulgação)


Tyler James, o Chris da famosa série “Todo Mundo Odeia o Chris”, compartilhou em sua conta no Instagram uma sequência de stories no último domingo (4) falando sobre a sua sexualidade. O ator, que sempre ignorou as especulações de que seria gay, comentou o quão perigoso pode ser especular sobre a orientação sexual de alguém.


Tyler ainda declarou apoio ao Mês de Orgulho LGBTQUIA+.


Confira:


(Foto: Divulgação/Instagram)


"Normalmente, eu não abordaria coisas assim, mas sinto que a conversa é maior do que eu. Eu não sou gay, mas acho que a cultura de tentar 'encontrar algum tipo de traço ou comportamento oculto que uma pessoa enrustida "deixa escapar é muito perigosa", alertou a estrela de "Abbott Elementary". "Analisar demais o comportamento de alguém na tentativa de 'pegá-lo diretamente contribui para a ansiedade que muitas pessoas queer sentem quando temem viver em sua verdade", refletiu Tyler.


Na sequência, o artista disse que esses questionamentos causam inseguranças. "Isso faz com que as conversas e interações mais triviais nos espaços pareçam pouco seguras para nossos irmãos e irmãs gays e para aqueles que possam estar se questionando", escreveu. "Também reforça um arquétipo sob o qual muitos homens heterossexuais tem que viver, que muitas vezes é irreal, menos livre e limita a expressão individual. Tenho sido muito claro sobre a intencionalidade que tento colocar ao usar minha plataforma para enfrentar esses arquétipos sempre que posso", acrescentou.


"Ser hétero não parece ser de um jeito. Ser gay não parece de um jeito", continuou. "E o que pode parecer diversão e conversas inofensivas pode, na verdade, enviar uma mensagem perigosa para aqueles que lutam com problemas reais. Eu me recuso a contribuir inadvertidamente com isso", pontuou. Por fim, ele celebrou o Mês do Orgulho e disse que reza para que o mundo seja um lugar mais seguro. "Feliz orgulho para todos os meus irmãos, irmãs e indivíduos queer. Oro para que você se sinta visto de maneiras que te faça se sentir seguro na celebração deste mês.

Como aliado, continuo empenhado em ajudar naquilo que posso e em ajudar a cultivar um futuro em que todos sejamos aceitos e tenhamos permissão para sermos nós mesmos", concluiu.


 

Publicidade

 

Comments


bottom of page