• Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
 
Publicidade

Tom Cruise devolve prêmios e NBC abandona o Globo de Ouro depois de 25 anos

O ator protestou contra a falta de diversidade entre o corpo que comanda a premiação anual


Créditos: AP.


Tom Cruise é a última estrela a se juntar a um crescente coro de críticas contra a premiação. A NBC, que exibe o evento desde 1996, disse que não transmitirá a cerimônia no ano que vem.


A rede de canais disse que deseja ver uma "reforma significativa" dos organizadores, a Hollywood Foreign Press Association. O movimento "Time's Up", um importante defensor da reforma da indústria, descreveu a ação da NBC como um "momento decisivo para Hollywood".


WarnerMedia, Netflix e Amazon Studios também se recusam a participar de eventos relacionados ao HFPA desde o exposé da reportagem do LA Times sobre como o Globo de Ouro é regido por trás das câmeras.


A HFPA, cujos membros votam nos prêmios, enfrentou meses de críticas provenientes de uma reportagem do Los Angeles Times em fevereiro que revelou que não tinha um único membro negro por 20 anos. Na última terça-feira, o HFPA publicou um cronograma de reformas, dizendo que queria implementar "mudanças transformacionais tão rapidamente - e tão cuidadosamente - quanto possível", acrescentando que "a reforma sistêmica ... está muito atrasada". Acrescentou que está empenhado "em alcançar estes objetivos com extrema urgência". Os planos ampliarão o número de membros do HFPA, com ênfase no recrutamento de membros negros e na contratação de conselheiros de diversidade. Ela se comprometeu a aumentar seu quadro de associados em 50% nos próximos 18 meses.


A associação também indicou que afrouxaria seu manto de sigilo e regras de admissão estritas, publicando sua lista de membros e aceitando jornalistas de entretenimento estrangeiros que residem nos Estados Unidos, não apenas na Califórnia. Treinamento em diversidade, equidade e inclusão será dado a todos os membros, bem como treinamento de conscientização sobre o assédio sexual. E os membros serão impedidos de aceitar itens promocionais de estúdios de cinema e TV.


Scarlett Johansson, que foi indicada para cinco Globos de Ouro, instigou outros atores na indústria cinematográfica a boicotar a organização, a menos que ela faça mudanças internas significativas.


Banner_rede_social_branco.jpg
Bruninha_Banner.png
Siga o @portalneonews nas redes sociais e fique por dentro de conteúdos exclusivos
  • Grey Twitter Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Facebook