top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

The Last of us | Quarto episódio apresenta novas ameaças.

O episódio que marcou a maior audiência da série se desenvolve com ameaças que vão além dos fungos.

(Foto: Reprodução)


Neste domingo, dia 7, foi lançado o novo episódio da série The Last of Us, da franquia HBO. Foi o episódio mais curto até agora, com 45 minutos, mas já está sendo considerado um dos melhores. Com muita ação, laços sendo reforçados e piadas ruins (mas é por querer, relaxa!), o episódio parece que passa num “piscar de olhos” de tão bem que consegue fluir.


Depois de nos emocionarmos e ficarmos muito tensos com o terceiro episódio, recebemos agora um mais curto e mais ameno. Apesar disso, o intitulado “Por favor, segure minha mão” veio para reforçar os laços entre Joel e Ellie e para conhecermos novas ameaças que se mostram tão perigosas quanto os infectados.



CUIDADO! SPOILERS!

 

Publicidade

 

Road trip


Agora que estão carregados de suprimentos e munições que foram pegas na casa de Bill e Frank, Joel e Ellie estão prontos para seguir caminho em busca de seu irmão, rumo Wyoming. O episódio começa com eles embarcando na “road trip” e já apresenta o clima do episódio, que possui um tom de humor e muitas provocações entre os dois, que podem ser mecanismos de defesa para se aproximarem.



Também conhecemos um pouco mais da história sobre Joel e seu irmão terem se distanciado durante o apocalipse. Tommy, seu irmão, tinha uma personalidade de herói, queria fazer parte de algo e salvar vidas, tanto que com 18 anos se alistou para o exército. Quando a pandemia começou, eles se juntaram a um grupo de sobreviventes, no qual Joel conheceu Tess e Tommy conheceu Marlene, que o incentivou a se juntar aos vaga-lumes. Os irmãos se separaram a partir disso, pois como já se sabe, Joel não é um fã dos vaga-lumes.



Novos perigos


Quando chegam em Kansas, o caminho está bloqueado, então Joel resolve fazer um desvio, essa é a hora que acham uma base da FEDRA abandonada. Os dois acabaram de cair em uma emboscada feita por sobreviventes.


Durante a briga entre sobreviventes e Joel, Ellie fica escondida para ficar segura, mas quando tudo parece ter acabado, Joel é atacado de surpresa, ficando imobilizado, mas Ellie o salva dando um tiro no atacante.


Logo após, uma nova personagem é introduzida, Kathleen, interpretada por Melanie Lynskey. A líder do grupo descrita como uma "líder impiedosa de um movimento revolucionário em Kansas City". Ela descobre dos sobreviventes que foram mortos por Joel e diz ser obra do Henry, que ainda não foi apresentado para nós.


Quando começam as buscas por Henry e Joel, acham um prédio que possui sinais que Henry passou por lá e que está acompanhado de uma criança. A líder decide não avisar o grupo sobre a nova descoberta.


No final do episódio, temos Joel gargalhando pela primeira vez junto a Ellie enquanto estão prontos para dormirem em um prédio abandonado que acham. Quando achamos que o episódio acabou, a tela preta é quebrada por um grito de Ellie e Joel acordando com um homem e uma criança apontando armas para eles. Temos então as primeiras imagens de Henry e Sam.



O próximo episódio lançará domingo, dia 12.


Confira o trailer do quinto episódio:


 

Publicidade

 



Comments


bottom of page