top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

O Voo Mais Observado do Mundo | Julian Assange no FlightRadar24

A Jornada do Fundador do WikiLeaks rumo às Ilhas Marianas do Norte


Acompanhe em Tempo Real a Jornada do Fundador do WikiLeaks rumo às Ilhas Marianas do Norte
FlightRadar24

(Foto: Divulgação)


No último dia 25 de junho, o voo que transportou Julian Assange, fundador do WikiLeaks, se tornou o centro das atenções globais no FlightRadar24. Esta plataforma, conhecida por monitorar voos em tempo real ao redor do mundo, registrou um pico de interesse sem precedentes durante a viagem do ativista.


A aeronave, um Bombardier Global 6000 da VistaJet, partiu de Londres com destino às Ilhas Marianas do Norte, fazendo uma escala estratégica em Bangkok para reabastecimento. Durante todo o trajeto, milhares de usuários acompanharam detalhadamente dados como altitude, velocidade e localização do avião.


"Durante a escala em Bangkok, aproximadamente 6 mil pessoas estavam monitorando o voo, evidenciando o interesse global na jornada de Assange", relatou o g1. À medida que a aeronave se aproximava de seu destino final, mais de 4,6 mil espectadores continuavam a seguir os passos do avião pela plataforma.


A escolha das Ilhas Marianas do Norte para a audiência de Assange não foi apenas por questões geográficas, mas também por motivos de segurança, além da proximidade com a Austrália, país natal do jornalista. Lá, ele enfrentará acusações relacionadas à violação da lei de espionagem dos Estados Unidos.


"O vazamento de documentos secretos pelo WikiLeaks expôs diversos abusos cometidos por autoridades americanas, gerando um conflito judicial prolongado entre Assange e o governo dos EUA desde sua prisão em 2019 em Londres."


Após um acordo surpreendente revelado na segunda-feira (24), Assange foi solto após 1.901 dias de detenção e deverá cumprir uma sentença de 62 meses pelos vazamentos já passados no Reino Unido. O desfecho do caso continua a atrair atenção mundial, marcando um capítulo significativo na interseção entre liberdade de informação e segurança nacional.


 



Comments


bottom of page