• Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
 
Publicidade

ESPECIAL EMMY 2021 | Crítica: "The Flight Attendant" entrega mistério e comédia em mesma sintonia

Com trama clássica hitchcockiana, a produção faz o simples porém com bastante maestria



Uma comissária de bordo festeira e com problemas de alcoolismo se encontra no lugar errado e na hora errada. Ao sair com um passageiro, ela acorda na cama de um quarto de hotel, sem nenhuma lembrança do que aconteceu na noite passada, e com o cara morto e ensanguentado ao seu lado. Essa é a premissa de "The Flight Attendant", série exclusiva da HBO Max e indicada a 3 categorias no Emmy 2021.





A ideia é simples, e uma homenagem completa a Hitchcock, que adorava histórias do tipo (e que ele foi mestre em reproduzir para as telonas). Desde o primeiro episódio eu já estava preso na série. Seu ritmo acelerado, sempre em constante movimento te prende e a história passa bastante rápido. Já vi comentários de pessoas que se sentiram incomodadas com esse ritmo da produção, porém para mim coube muito bem.



Leia também: ESPECIAL EMMY 2021 | Crítica: "The Underground Railroad" é assustadoramente realista



Nesta história temos uma protagonista muito boa. Cassie Bowden, interpretada por Kaley Cuoco (Penny de The Big Bang Theory) é impulsiva e ansiosa. Ao se encontrar nessa situação desesperadora, Cassie se desespera, assim como todo mundo iria, e toma a decisão de limpar seus rastros e fugir. A partir daí temos uma agitada corrida de gato e rato, pois a FBI entra na investigação e busca saber o que aconteceu.





Uma característica importante da personagem, e que no início aparece como algo até que de certa forma, cômico, é o seu problema com o álcool. A Cassie bebe MUITO, e ao se encontrar nessa situação, a quantidade aumentou drasticamente. Porém, aí fica de elogio para os criadores da série, o seu problema é aprofundado, mostrando suas raízes bem pesadas, o que apenas enriquece a personagem, adicionando uma carga dramática que muitas vezes é deixada de lado em produções do tipo.



Leia também: ESPECIAL EMMY 2021 | Crítica: "Hacks" mostra que existe tristeza por trás da comédia



O humor da série é bom, e é posto em uma quantidade exata que faz o espectador se divertir enquanto busca saber qual será a próxima reviravolta que irá acontecer. Sem dúvidas bastante divertido de se assistir, perfeito para maratonar numa sexta-feira a noite.




Quer ficar por dentro de várias notícias sobre a cultura pop e o mundo da tecnologia? Acesse o canal do Portal neoNews no Telegram!


Posts Relacionados

Ver tudo