top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

Entenda o Caso de Direitos Autorais Envolvendo Beyoncé e a Canção Break My Soul

Disputa judicial sobre direitos autorais coloca a cantora Beyoncé no centro de polêmica


Disputa judicial sobre direitos autorais coloca a cantora Beyoncé no centro de polêmica
Beyoncé

(Foto: Divulgação)



A indústria musical frequentemente é palco de disputas judiciais relacionadas a direitos autorais, e desta vez Beyoncé encontra-se no centro de uma controversa acusação. A artista está sendo acusada por um grupo de Nova Orleans, chamado Da Showstoppaz, de violar direitos autorais em sua famosa música "Break My Soul".


Os membros do grupo Da Showstoppaz alegam que Beyoncé utilizou ilegalmente uma amostra de uma canção de Big Freedia de 2014 chamada "Explode", que por sua vez teria usado letras, melodia e arranjo musical de "Release a Wiggle", uma faixa de 2002 do Da Showstoppaz, sem autorização. Essa queixa foi oficializada em um tribunal federal da Louisiana.


Na canção de Beyoncé, a amostra da faixa de Big Freedia desempenha um papel significativo, sendo parte central da melodia e do ritmo que define "Break My Soul". Esse uso levanta questões importantes sobre até que ponto os artistas devem buscar permissão quando incorporam elementos de trabalhos anteriores em novas criações, sobretudo no gênero de música bounce, muito popular em Nova Orleans e conhecido por seu uso intenso de samples.


A situação ressalta a fina linha entre inspiração e infração no cenário musical contemporâneo. Enquanto Beyoncé e sua equipe receberam elogios generalizados pelo álbum "Renaissance", que celebra a cultura LGBTQ de Nova Orleans e sua influência na música, os membros do Da Showstoppaz expressam sentir-se excluídos dos créditos e benefícios financeiros que acompanharam o sucesso da faixa.


O grupo Da Showstoppaz está buscando reconhecimento formal e compensação pelos seus supostos direitos autorais, incluindo créditos na música "Break My Soul" e um acordo financeiro por danos e futuras licenças de uso da música.


O caso está apenas começando e promete movimentar não só as partes envolvidas, mas também setores legais e criativos da indústria musical. Não apenas traz à tona o debate sobre direitos autorais e uso justo, mas também sobre como a indústria reconhece e recompensa as contribuições culturais de artistas e comunidades. Independentemente do resultado, é provável que este caso influencie como artistas abordam a utilização de samples e direitos autorais no futuro.


Enquanto isso, os admiradores de Beyoncé e observadores da indústria aguardam mais desenvolvimentos, que poderão estabelecer precedentes importantes para casos futuros de direitos autorais na música.


 



Comments


bottom of page