top of page

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany. neoCompany Ltda. Todos os direitos reservados.

  • LinkedIn
  • Youtube

neonews, neoriginals e ClasTech são marcas neoCompany.

neoCompany ltda. Todos os direitos reservados.

Entre em contato com o neonews

Tem alguma sugestão de pauta, eventos ou deseja apenas fazer uma crítica ou sugestão, manda um email pra gente.

  • Foto do escritorRedação neonews

Descoberta Astronômica: Grande Anel Desafia a Compreensão Atual do Universo

Estudante de doutorado da UCLan revela estrutura cósmica ultra grande no universo durante reunião da Sociedade Astronômica Americana


Estrutura C

(Foto: Divulgação)


Durante a 243ª reunião da Sociedade Astronômica Americana (AAS), Alexia Lopez, estudante de doutorado da Universidade de Central Lancashire (UCLan), apresentou uma descoberta astronômica impressionante: um objeto com aglomerados de galáxias e uma espiral galáctica, nomeado de Grande Anel, com incríveis 1,3 bilhão de anos-luz de largura.


A magnitude desse achado o coloca como um dos maiores objetos cósmicos já observados pela ciência, com uma circunferência total de 4 bilhões de anos-luz. O Grande Anel se destaca como uma estrutura ultra grande, apresentando uma forma distinta e localizado a aproximadamente nove bilhões de anos-luz da Terra, próximo à constelação de Bootes. A peculiaridade do objeto está na sua emissão de uma luz fraca, invisível a olho nu, mas que seria visível e até 15 vezes maior que a Lua se fosse mais brilhante.


Há cerca de dois anos, Alexia Lopez também fez a notável descoberta do Arco Gigante no Céu, outra estrutura ultra grande com 3,3 bilhões de anos-luz de diâmetro. A possibilidade de ambas essas estruturas estarem ligadas às Oscilações Acústicas Bariônicas (BAOs), resultantes de oscilações no antigo universo, é levantada pelos cientistas.


"Nenhuma dessas duas estruturas gigantescas é fácil de explicar em nossa compreensão atual do universo. E seus tamanhos extragrandes, formas distintas e proximidade cosmológica devem certamente estar nos dizendo algo importante — mas o quê exatamente? Uma possibilidade é que o Grande Anel possa estar relacionado às Oscilações Acústicas Bariônicas (OABs)", comenta Lopez.


Apesar da possível relação com os BAOs, a análise detalhada do Grande Anel sugere evidências de que não é compatível com essas oscilações do antigo universo, devido à sua forma não tão esférica. Essa descoberta desafia a compreensão atual do universo, ultrapassando os limites da teoria existente.


A relevância desta descoberta reside na possibilidade de desafiar as atuais compreensões do universo e contribuir para o desenvolvimento de novos modelos sobre a evolução cósmica. O Grande Anel, ao aparentemente ultrapassar os limites da teoria da evolução do universo, impulsiona a necessidade de estudos mais aprofundados sobre estruturas semelhantes, proporcionando insights valiosos sobre a natureza e a evolução do cosmos. Alexia Lopez conclui: "O Grande Anel e o Arco Gigante, tanto individualmente quanto juntos, nos apresentam um grande mistério cosmológico enquanto trabalhamos para entender o universo e seu desenvolvimento".



 

Publicidade

 


Comments


bottom of page