• Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
 
Publicidade

Crônica | O que é a vida para você?



Numa rara oportunidade tive o prazer de reencontrar com um grande amigo e empresário. Como sempre o seu dia a dia era ocupado com reuniões e viagens constantes de negócios. Naquele momento nada era mais importante que usufruir da sua companhia, num gostoso café da tarde. O local era simples com um ambiente agradável. No caminho, até chegar na cafeteria, não houve trocas de lembranças tristes da vida; relembrávamos dos melhores momentos da nossa preciosa amizade. Ríamos muito dos momentos engraçados ocorridos.



Leia também: Aprendendo com o sentimento de ira



Já na cafeteria ele diz: - “Otavio, o que a vida é para você?”


Admito que foi um dos questionamentos mais complexos de todos, dentre meus relacionamentos. Uma pergunta que a princípio parece simples, se não levasse em conta o qual profunda reflexão ela nos leva para responder. Automaticamente mergulhei fundo nas lembranças para trazer à tona detalhes da riqueza da minha vida. Ele não me indagou como foi a minha vida familiar e nem profissional. Também não se importou em saber o que eu esperava dali para frente. Simplesmente usou o verbo no presente como se o amanhã não existisse...


E analisando friamente numa reposta, acredito que a maioria traria os pensamentos se direcionando para o TER. Ter carros, casas, clube, viagens, estabilidade financeira... Ter família e outras tantas infinitas conquistas que a maioria almeja durante a vida. A posse de materiais talvez explicasse a vida.


Mas isso me fez refletir profundamente não somente para o TER e sim para o SER. Para SER um bom engenheiro é preciso TER conhecimento, experiências e eficiências. Para “ser” um piloto de aeronave é preciso “ter” treinamentos... Com isso meu pensamento abriu uma janela para uma reflexão além e maior, vieram então também os questionamentos internos: Será que para SER Feliz é preciso TER a felicidade? Ser um empresário é preciso ter sucesso financeiro? Para ter um filho preparado para o futuro é preciso ser rude na educação?





A vida é o que então? Para os biólogos a vida de uma planta será sempre ser planta. Assim foi criada e assim continuará. Jamais uma rosa se transformará num cravo naturalmente. Um leão nunca será um tigre na sua formação natural. Cada espécime segue seu curso cumprindo a função designada; nascer, crescer, multiplicar e perpetuar-se. O homem também recebeu uma orientação e de forma impositiva; “Sede fecundos, multiplicai-vos e enchei a terra”. Com isso veio o despertar além do ter e ser. O “sentir”.


Tenho a felicidade nas mãos, sou feliz e sinto o amor completo. Mesmo?

Tenho sintomas de depressão, sou inútil e sinto solidão. Procede?


Então preste atenção na estória abaixo;


“Um pescador tem uma vida de rotina constante. Prepara suas redes, verifica o estado do motor, casco, prepara as iscas e sai pontualmente antes do raiar do sol para o alto mar. Volta muitas vezes com fartura e muitas outras vezes não. Enfrenta tempestades e ventos fortes. Certo dia os motores falham em pleno alto mar e uma tempestade violenta o atinge com grande fúria. Nesse momento ele pede ajuda pelo rádio. O controlador de navegação que fica próximo de um farol diz:

- “Passe me as suas coordenadas para poder localizá-lo, fale-me quão distante você se encontra e se está sozinho nesse momento....”


Quando uma pessoa está perdida, o sinal de pedido de ajuda precisa partir dela. Numa rotina exaustiva de trabalho, discussões constantes dentro de família, dificuldades financeiras semelhantes a pequenas ondas e outras maiores que aparecem confundindo o seu barco e que, muitas vezes se perde nas marcas da bússola da vida. É uma fuga? Muitas vezes, mesmo sentindo-se forte, existem outros fatores que fragilizam o pensamento; e vem um martelinho batendo repetidamente e insuportavelmente com uma densa e pesada fixação: “não suportarei tanta pressão...”.





Para ser ajudada a pessoa precisa querer e, emitir o primeiro sinal de SOS; uma vez captado esse sinal é possível localizá-lo no grande e complexo mapa de sentimentos entrelaçados que habitam o seu ser. Assim como o pescador desembaraça cuidadosamente os fios da sua rede, para poder ter fartura, colheita e crescimento que o faz sentir-se realizado; pode-se desembaraçar e alinhar de forma organizada os complexos fios da sua mente, pensamentos e sentimentos... e talvez chegar a uma grande descoberta alinhando-os seguindo uma linha mestra, a do seu coração. Sublime morada do nosso querer mais nobre.


Com o sinal emitido também é possível medir a distância, localizá-lo e reposicioná-lo dentro da sua existência. Pode-se identificar se essa tempestade que está virando o seu barco é apenas uma ilusão, ou uma onda realmente gigante, mas que se possa ainda direcionar a proa do seu barco diretamente para a onda e romper de frente e não de lado.



Leia também: Evolução



Nosso Criador emite incansavelmente a Luz da Esperança como um farol, indicando o rumo para um PORTO SEGURO. Cabe a cada um reconhecer essa LUZ e SENTIR a preciosidade que é uma VIDA.


Ao meu amigo assim respondi:

- “Eu sinto que a vida é dinâmica e é bela, como o agora. Momentos como este que compartilho junto de você, meu precioso amigo, esse delicioso café.”