• Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
 
Publicidade

“Caso Evandro” recebe adaptação para série de TV

Com mais de 9 milhões de downloads, o popular podcast de storytelling também foi lançado recentemente em formato de livro


Créditos: Projeto Humanos


“Se você era criança no Paraná em 1992, você tinha medo das Bruxas de Guaratuba” - E essa é uma das frases que Ivan Mizanzuk, jornalista e escritor, fala em sua série de podcasts “Caso Evandro”, que conta e se aprofunda na história do desaparecimento de uma criança, e a investigação do caso, que toca em assuntos de vingança e conspiração política, até rituais satânicos.


A adaptação para série, que será lançada na próxima quinta-feira (13), é uma produção da Globoplay, e contará com 8 episódios de 50 minutos cada, com a direção de Aly Muritiba e Michelle Chevrand, além da consultoria e depoimentos do criador.


Em entrevista para o jornal O Globo, Mizanzuk conta que o desenvolvimento da série aconteceu paralelamente ao do podcast, com cada nova descoberta da investigação afetando o seu roteiro. Além também de frisar que a série é a visão de outras pessoas sobre o caso, assim pode-se prever que podem haver algumas mudanças entre ambas as versões.


O jornalista comenta também que com o andar dos seus 36 episódios, que ao todo contabilizam mais de 40 horas de áudio, era necessário retomar alguns pontos para facilitar o entendimento. Porém com os recursos visuais que uma adaptação audiovisual oferece, esse fator se tornou mais fácil, mas há um limite de tempo para cada episódio, assim focando apenas nos pontos mais importantes da história.


“O livro acaba sendo a versão mais bem-acabada da minha pesquisa e investigação, sem perder alguns detalhes e aprofundamentos que, creio, tornam a história mais instigante.” - complementa Mizanzuk.


Aly Muritiba, um dos diretores da série, diz que na adaptação para a TV será possível ver os locais que são mencionados durante a história, além de encontros com pessoas que passaram por tudo aquilo, e comenta que, “Se no podcast o público ouve alusões a determinadas pessoas e personagens, na série eles poderão ver e sentir a emoção dessas pessoas.”



O que é o “Caso Evandro”?



História conhecida no Paraná como o “As Bruxas de Guaratuba”, é o caso do desaparecimento de Evandro Ramos Caetano, um menino de 6 anos, e que dias depois seu corpo foi encontrado sem as mãos, cabelos e vísceras. Três meses depois, sete pessoas são presas e confessam terem usado ele em um ritual, porém a história fica longe de acabar por aí.


Pulando para outubro de 2018, fruto de 2 anos de pesquisa de Ivan Mizanzuk, foi lançado o primeiro episódio da série “Caso Evandro”, do seu podcast chamado “Projeto Humanos”.


A série foi a quarta temporada do programa, já tendo abordado anteriormente a história de Lili Jaffe, que foi uma sobrevivente do Holocausto, em sua primeira temporada intitulada “As Filhas da Guerra”. A segunda, chamada “O Coração do Mundo”, expôs experiências de brasileiros e refugiados que tiveram envolvimento nos recentes conflitos no Oriente Médio. E a “O Que Faz um Herói?”, que foi a terceira temporada e contou com histórias isoladas de heroísmo feitas por pessoas comuns.


O podcast de Mizanzuk ganhou bastante popularidade, além de rios de elogios da internet desde seu lançamento, principalmente devido sua qualidade de pesquisa e investigação, e por trazer relatos de pessoas envolvidas. E em novembro de 2019, a Globo anunciou a adaptação dele para uma série de TV para o Globoplay.